Dicas para ajudar as crianças a aceitarem novos alimentos.

Você enfrenta dificuldades para inserir alguns tipos de comidas na alimentação de seus filhos?

A nutricionista Ana da AMA Nutrição irá falar aqui sobre este “problema” de muitas mamães e papais.

Certamente você já ouviu a seguinte frase: Não gosto de brócolis!

Essa resposta é muito comum e praticamente automática quando oferecemos certos alimentos às crianças, principalmente frutas e verduras. Elas são convictas ao dizer que não gostam, mesmo sem ao menos terem experimentado o alimento em questão.

E por que isso acontece?

Para responder essa pergunta vamos pensar um pouco na nossa fisiologia. Nascemos “programados” para desconfiar de alimentos que são desconhecidos para nós. E isso não é ruim! Imaginem se as crianças não tivessem nenhuma restrição em comer tudo o que vissem por aí? Correríamos o risco de elas comerem plantas ou frutinhas venenosas ou tóxicas, por exemplo. Essa recusa inicial é um mecanismo de defesa do ser humano.

A boa notícia é que essa restrição pode ser superada! Sim! Através do que chamamos de “familiaridade com o alimento”.

A partir do momento que um alimento se torna conhecido e familiar para a criança, aos poucos essa desconfiança em experimentá-lo desaparece. Mas como podemos fazer isso?

Anote as dicas:

  1. Os pais devem ser o exemplo! As crianças precisam vê-los comendo para que se interessem em experimentá-los.
  2. Torne os alimentos acessíveis! Frutas e verduras devem estar ao alcance das crianças, para que elas possam comê-las quando desejarem. Por exemplo, em fruteiras, cestos de frutas em cima da mesa, higienizadas prontas para o consumo dentro da geladeira.
  3. Varie a forma de preparo! Use a criatividade! A cenoura pode ser oferecida ralada, cozida, refogada, no suflê, na panqueca, no bolo, no suco, etc.
  4. Leve a criança para a cozinha! O preparo de uma receita promove familiaridade com o alimento, assim, será bem mais fácil a criança aceitar um prato que ajudou a preparar.
  5. Não desista! O velho ditado de oferecer o mesmo alimento várias vezes faz sentido! Portanto, continue oferecendo mesmo que haja recusa.

Gostou das dicas da Nutri Ana da Ama Nutrição? Iremos postar todo o mês conteúdos relacionados com a alimentação infantil para tirar todas as suas dúvidas em relação a esse tema.

Se você tiver dúvidas ou sugestões sobre textos, comente aqui que colocaremos em nossa pauta 🙂

1 Comentário

  1. marisa disse:

    Muito interessante seu site, gostei muito das informações escritas.Vou acompanhar as novidades sempre. Obrigada bjs marisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat