Orgânicos: entenda o propósito da Fresh

Os alimentos orgânicos estão em alta nas pautas sobre alimentação saudável. Porém, nem todos os produtos saudáveis podem ser rotulados como orgânicos. Para compartilhar a experiência que tenho tido ao selecionar os melhores alimentos que são entregues na casa dos nossos assinantes, resolvi escrever este texto.

Quem não gostaria de ter em casa, todas as semanas, produtos sem agrotóxicos? Este era o meu desejo e por isso criei a Fresh.

O que afinal é um produto orgânico?

Para ser considerado orgânico é preciso que o alimento seja produzido de maneira super artesanal (handmade), por cooperativas familiares que cuidam desde a sua plantação até os impactos no meio ambiente. A agricultura orgânica se preocupa com a saúde dos seres humanos, dos animais e das plantas.

A melhor forma de você ter certeza que um produto é orgânico é vendo se ele possui certificação: é este “selo de qualidade” que garante que o alimento que você está consumindo é livre de qualquer tipo de veneno. É importante também ressaltar, que para ter o certificado orgânico, o produtor tem um longo caminho a percorrer…  Ele é emitido pelo Ministério da Agricultura e valida os seguintes métodos de produção:

– Não utilizar fertilizantes sintéticos e agrotóxicos;

– Não utilizar reguladores de crescimento e aditivos sintéticos para alimentação animal;

– Não contaminar o solo com venenos;

Se é tão bom, por que todos os produtores ainda não são orgânicos?

A Universidade Estadual de Washington nos EUA fez um estudo provando que a agricultura orgânica é capaz de alimentar de maneira efetiva toda a população mundial. Mas daí entra a economia: embora rentável, o cultivo orgânico proporciona lucros menores do que o consumo tradicional.

E porque? A resposta é simples e pode ser bastante prejudicial à sua saúde: pesticidas. Eles aceleram e, com isso, barateiam a produção de alimentos. Pra piorar,  o governo Brasileiro permite o uso de venenos que são proibidos em diversos países no mundo.

Por isso consumir orgânicos, mais do que um bom hábito alimentar, é quase um manifesto por um mundo mais equilibrado em termos econômicos.

O ganho ambiental, social e na saúde da população gerado pela agricultura orgânica é enorme. As evidências apontam para o fato de que estes sistemas agrícolas trazem mais benefício social e um planeta mais saudável.

Hoje em dia está cada vez mais fácil ter acesso a alimentos orgânicos. Eles estão em feiras com produtores certificados, super mercados, minimercados – e aqui no nosso site, claro! 🙂

Mito: comprar orgânicos sai caro.

Bem, isso é uma questão de ponto de vista. Os agrotóxicos podem ocasionar tantas doenças, como o câncer, que só de pensar o custo de um orgânico fica em segundo plano. É melhor você ser mais seletivo na quantidade da sua alimentação, do que colher os frutos de agrotóxicos acumulados ao longo dos anos, no seu corpo, no futuro.

Os alimentos orgânicos são mais caros porque a produção é feita literalmente à mão. Este é um processo muito mais trabalhoso e os agricultores estão suscetíveis à infestação de bichos, pragas e também a variação do clima que pode afetar a produção inteira.

Como muitas cooperativas familiares não recebem incentivo do governo (realmente é muito difícil competir com a agricultura convencional por causa da produção de larga escala) elas dependem das vendas dos seus produtos para sustentar as suas famílias.

Nós, da FRESH Orgânicos, acreditamos muito nos alimentos orgânicos e ficamos muito felizes em poder fazer esta ponte entre o agricultor e o consumidor final. É um investimento inteligente pois se pensarmos em como tratar doenças é caríssimo.

Insira alimentos orgânicos na sua alimentação. Se não puder ser todos, substitua os mais tóxicos como pimentão, morango, tomate, alfaces pelas versões orgânicas. No próximo post vamos falar sobre o ranking dos alimentos com mais agrotóxicos e assim e ajudar a fazer essas escolhas, ok?

Agora que você já entendeu nosso propósito, que tal começar a pensar em umas receitinhas com orgânicos? Preparamos um livro de receitas super práticas e fáceis. BAIXE GRÁTIS AQUI.

1 Comentário

  1. […] também do valor do horticultor: produzir frutas e hortaliças leva tempo, exige dedicação, esforço e muito …. Por isso, comece a comprar alimentos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat